capture

A minha vida é o máximo

Um dia acordei e pensei: Vou escrever sobre mim. Vou partilhar com o mundo o que faço, o que eu gosto, o que não gosto, a vida fantástica a dois e a três – a Olivia. A minha vida é o máximo e preciso partilhar com os outros. Só que não!

O que a minha vida tem de fantástico, tem igualmente de assustador.

Não é fácil viver com alguém obstinado, mas tenho me dado tão bem comigo, que para “o filho da sogra” também não é problema. Só preciso definir e calendarizar tarefas, e depois semanalmente fazer disso uma rotina. Simples.

Claro que era simples se vivesse sozinha…

Assumo que gosto de rotinas e é só desta forma que sei viver. (Quero acreditar que haverá mais meia dúzia de pessoas que partilham do mesmo gosto)

São capaz de me olhar de lado só porque hoje estou a convidar os amigos para o jantar que vou dar em casa no dia 28 de Dezembro de 2017. Só preciso organizar os restantes 364 dias do ano: organizar a casa, a comida, a roupa, as compras, ginásio, correr, curso de inglês, dormir, trabalhar, e aborrecer-me por não ter nada para fazer… Quando der conta estamos em Dezembro de 2017.

E não, não gostava de não ser demasiado controladora da gestão do meu tempo. Comigo vive quem, consecutivamente, tenta por-me à prova (aposto em como ele já não se vai lembrar que temos o jantar no dia 28 de Dezembro de 2017). E é por isso que a vida da Joana, umas quantas vezes, se torna numa espécie de “confusão programada” mas “Isto não é o da Joana” (como isto encaixa tão bem em mim)

Sou apenas mais uma no meio de milhões, que trabalha 8 horas por dia (passa mais um par de horas no local de trabalho), que tem afazeres domésticos, vida social e que quer à força ter um estilo de vida saudável. Nem sempre é fácil conciliar tudo e muitas vezes também cedo à tentação de não ir treinar.

Então, para começar, o plano é simples: programar a nossa vida até 2090.

Deverá ser suficiente para não deixar nada por fazer!

Post navigation

1 comment for “A minha vida é o máximo

  1. Henrique
    2016-12-04 at 00:13

    Joana paga a tua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.